Publicado em

ESQUADRANDO O LIVRO: O MONITOR DOS FRANCO-MAÇONS

O Monitor dos Franco-Maçons ou Ilustrações da Maçonaria é um dos grandes clássicos da Maçonaria. Escrito por Thomas Smith Webb e publicado originalmente em 1797, esse foi o primeiro monitor maçônico publicado nos EUA. Sua primeira parte, referente aos graus simbólicos, foi baseada na obra de William Preston, que já ganhou edição brasileira, Esclarecimentos sobre Maçonaria. Assim nasceu o chamado Ritual de Webb, também conhecido como Ritual de Preston-Webb por essa razão. Em outras partes da obra, Webb apresentou sua revisão dos graus que formariam o Rito de York, que acabou se tornando o rito mais praticado no simbolismo em todo o mundo.

Webb publicou algumas edições, sendo a última a de 1818, no ano anterior à sua morte, da qual essa edição brasileira é a tradução. O irmão brasileiro ainda é presenteado com um excelente material gráfico, que inclui capa dura e papel opaco amarelado, além de uma série de comentários pertinentes do irmão e tradutor Edgard da Costa Freitas Neto, grande promessa da Maçonaria baiana para a literatura maçônica brasileira.

Leitura obrigatória a todos os estudiosos da Maçonaria, em especial aos adeptos e interessados no Rito de York, o livro pode ser adquirido pelo Mercado Livre (clique aqui).

3 comentários sobre “ESQUADRANDO O LIVRO: O MONITOR DOS FRANCO-MAÇONS

  1. Comprei o livro e realmente é um espetáculo.
    As notas de rodapé são extremamente esclarecedoras, situando os leitores em relação ao passado, modo de pensar e agir do século XVIII-XIX.

  2. Mais uma obra prima, que chega a nossa literatura maçônica. Ultimamente temos tido a oportunidade de “beber na fonte” no que tange a literatura maçônica “raiz”. Para nós que tínhamos como referencia, “vacas sagradas” como Camino, Castellani e outros é uma oportunidade impar de enxergar a ordem sob outra óptica.
    Só relembrando: Cursos da Uninter, Livros de Kennyo, Livros de Ed, Livros de João Guilherme. Realmente estamos em uma nova fase de estudos maçônicos. Que nossas potências observem isso, e façam uso dessas ferramentas com maior frequência.

  3. Pelo exposto vê-se que é uma obra fantástica.
    Infelizmente, no momento, não me é possível adquirí-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *