Publicado em

SEAN CONNERY NÃO É MAÇOM

Quando soube do falecimento de Sir Sean Connery, lamentei por mais essa grande perda que 2020 nos impõe. Sou fã das atuações dele em filmes como Indiana Jones e a Última Cruzada, O Nome da Rosa, Highlander, Armadilha, Encontrando Forrester, seus 007 e, é claro, O Homem que queria ser Rei.

E este último filme citado é o responsável pela crença de que Sean Connery é maçom, crença essa ressuscitada com sua morte. No filme, ele interpreta um maçom. Mas assim como interpretar James Bond não o transformou em um agente secreto do MI6, ou interpretar Henry Jones não o transformou em professor de história, o mesmo se aplica a “O Homem que queria ser Rei”.

Nesta história, originalmente escrita por Kipling, famoso escritor e maçom, dois soldados ingleses que são maçons servindo na Índia buscam riqueza em um pequeno país próximo do Afeganistão. Então, o símbolo maçônico do esquadro e compasso, presente em um pingente do colar de um deles, é reconhecido pelos nativos como símbolo de Alexandre, o Grande, considerado lá como um Deus desde que os havia dominado. E isso leva esse maçom a ser coroado como rei e considerado com um deus.

A imagem de Sean Connery usando uma coroa e vestido com uma túnica branca tendo o esquadro e compasso em seu peito, que vem ilustrando a afirmação de sua filiação maçônica, é uma cena desse filme.

2 comentários sobre “SEAN CONNERY NÃO É MAÇOM

  1. Concordo com a associação da imagem com o filme.
    Mas isso, somente, não é argumento válido para afirmar que o ator foi ou não um maçom. Afinal, você não possui acesso aos cadastros das potências maçônicas existentes. Na verdade, você não possui acesso nem mesmo aos cadastros das potências brasileiras. Talvez, apenas ao cadastro da sua potência. E, nesse caso, certamente não constará o nome do Ator em questão.

    Kennyo Ismail – Esse raciocínio seu é negacionista. Em pleno século XXI, não precisamos conferir em todos os cadastros pra saber se alguém famoso mundialmente é ou não irmão. Isso porque, quando um irmão dessa relevância inicia, há fotos; em sua vida maçônica, há homenagens; e quando falece, a potência a que ele pertence lamenta oficialmente, decreta luto, etc. Caso contrário, se for seguir seu raciocínio, posso afirmar que Bolsonaro e Lula são maçons da mesma loja maçônica, e você não tem como provar que não é verdade porque não tem acesso aos cadastros…

  2. Mas, como vc sabe que ele não se tornou um agente secreto? hehehehee

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *