Publicado em

Uma Loja de Pesquisas para todos os brasileiros

A “Quatuor Coronati” foi a primeira Loja de Pesquisas do mundo, fundada em 1884. A intenção dos fundadores era a de fomentar o estudo e pesquisa maçônicos baseados em evidência, em detrimento das narrativas imaginativas que vigoravam a época. Inauguraram assim a chamada “escola autêntica”. No Brasil, pela deficiência literária maçônica, a “escola” achista, místico-esotérica e imaginativa ainda tem prevalecido, somente enfrentando resistência e concorrência de uma pequena, porém crescente e otimista versão brasileira da escola autêntica, nos últimos anos.

O funcionamento da Quatuor Coronati, basicamente o mesmo há aproximadamente 130 anos, centra-se em seu círculo de membros correspondentes, que submetem o resultado de seus estudos e pesquisas à Loja. Os aprovados, assim como de seus membros internos, são publicados na AQC – Ars Quatuor Coronatorum – seu anuário. Com uma anuidade equivalente a mais de R$200, a Quatuor Coronati soma milhares de membros correspondentes em todo o mundo.

A proposta de Lojas de Pesquisas como estímulo ao estudo, pesquisa, produção, repositório e divulgação de conhecimento maçônico de qualidade se espalhou pelo mundo, tendo essas Lojas um funcionamento muito similar ao da boa e velha QC. O Brasil também conta com dezenas dessas Lojas de Pesquisas. Entretanto, com raríssimas exceções, essas Lojas têm funcionado não muito diferente de qualquer outra Loja Maçônica, talvez apenas tendo mais palestras do que o normal, pelo benefício da dispensa de realizar iniciações e, consequentemente, ausência de escrutínios, instruções, etc.

A Loja de Pesquisas “Dom Bosco No.33”, fundada há 16 anos na Capital Federal e jurisdicionada à Grande Loja Maçônica do Distrito Federal – GLMDF, não fugia à regra. Isso até que, ao comemorar seus 15 anos, no ano passado, resolveu parar para refletir sobre seu passado, presente e futuro. Isso resultou em um planejamento de adequação da Loja ao que ela deveria realmente ser: uma legítima Loja de Pesquisas. E, após mudanças legislativas, criação de regulamentos, desenvolvimento de sistemas e muito trabalho, ontem, no dia 31/10/2018, foi lançado oficialmente seu website oficial, pelo qual todo maçom regular pode, GRATUITAMENTE, solicitar sua filiação como Membro Correspondente e, após aceito, submeter trabalhos para seu futuro periódico, a revista DB33.

A filiação como Membro Correspondente não é apenas para aqueles com interesse em publicar seus artigos, mas a todos os irmãos que sejam amantes da boa leitura maçônica e estejam interessados em receber as publicações da Loja de Pesquisas.

Para conhecer um pouco mais sobre esse interessante projeto e se filiar, acesse: www.lojadepesquisas.com.br

9 comentários sobre “Uma Loja de Pesquisas para todos os brasileiros

  1. Ótima iniciativa, fomentar o conhecimento, através do estudo e da pesquisa é indispensável para a mudança positiva que almejamos.

  2. Ótima iniciativa! Parabéns!

  3. Desejo inscrever-me para maiores estudos a procura da luz da sabedoria!

  4. Caríssimos IIr.’.
    Agradeço a adminstracao desta Loj. De estudos..

    Obrigado pela atenção e amizade

    TFA

  5. Já no sétimo ano de existência a Loja Maçônica de Estudos é Pesquisas Luz e Saber 187, no Oriente do Rio de Janeiro, RJ, em Jacarepaguá, se reunindo no último sábado de cada mês, normalmente em Grau 3, não Inicia, Eleva ou Exalta, somente Palestras de Renomados IIr da Região ou Convidados de fora, como os Digníssimos IIr Carlos Brasílio Conte, Omar João Zacharias e José Ayrton de Carvalho.

  6. Mais que oportuna a iniciativa. Parabéns. Tenho interesse em inscrever-me para adquirir novos conhecimentos.

  7. Deixe-me ver se entendi. Os membros correspondentes de outras obediências regulares terão um CIM da GLDF e serão membros filiados e efetivos pertencentes à GLDF, inclusive podendo votar para cargos administrativos e assumir cargos em uma loja e até mesmo votar para a eleição do grão-mestre da GLDF? Ou seja, serão membros da GLDF com todas as prerrogativas como o de um maçom regular da GLDF?

    Kennyo Ismail – Não. Membro CORRESPONDENTE não é um membro efetivo de fato. A filiação do Membro Correspondente é junto ao Círculo de Membros Correspondentes, como ocorre nas Lojas de Pesquisas de todo o mundo, e não à GLMDF.

  8. Excelente projeto.
    Oportunidade ímpar na busca do
    conhecimento, da kuz e da sabedoria

  9. Feliz em
    Saber da novidade. Vou submeter artigos e trabalhos para contribuir, pois tenho feito isso em outras instâncias, mas não sei se meus escritos sao ruins e não vao adiante ou se falta recursos humanos para avaliar os trabalhos. Também me encontro à disposição para ajudar no que for necessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *