Publicado em

INTERVISITAÇÃO: ARCO REAL & REAL ARCO

Constantemente deparo-me com irmãos com dúvidas sobre esse ponto, o que me levou a escrever este post. Pode um irmão do Real Arco Internacional (chamado de Americano) visitar um capítulo do Arco Real Inglês e vice-versa?

Já dizia o ditado que “tudo na vida tem o bônus e o ônus” ou, resumidamente, que “todo bônus tem seu ônus”. No caso da Maçonaria brasileira, ela tem o bônus, que poucas têm, de experimentar uma pluralidade de ritos, o que carrega o ônus que a falta de educação maçônica e de bom senso proporciona da prática maçônica incoerente.

No caso do Arco Real Inglês, a Grande Loja Unida da Inglaterra deixa muito claro seu status em sua constituição, na Declaração Preliminar:

Pelo solene Ato de União entre as duas Grandes Lojas de Maçons da Inglaterra, em dezembro de 1813, foi “declarado e anunciado que a pura Maçonaria Antiga consiste em três graus e não mais, a saber, os de Aprendiz Registrado, Companheiro de Ofício, e Mestre Maçom, incluindo a Suprema Ordem do Sagrado Arco Real.[i]  

Ou seja, o Arco Real Inglês é parte do Simbolismo, estando subordinado ao Simbolismo. Não é um grau colateral, alto grau ou ordem de aperfeiçoamento. É um apêndice do Terceiro Grau no sistema inglês que, no caso do Brasil, é praticado via Ritual de Emulação.

Por essa razão, o Supremo Grande Capítulo do Arco Real da Inglaterra declara que:

(…) não reconhece formalmente outros Grandes Capítulos: aceita como regular os Companheiros de outro Grande Capítulo se trabalharem com a aprovação da Grande Loja, cujo território estão inseridos, desde que a Grande Loja seja reconhecida pela Grande Loja Unida da Inglaterra.[ii]

Ou seja, o Grande Capítulo da Inglaterra aceita visitação de qualquer companheiro do Real Arco Internacional (Americano) ou do Real Arco Irlandês ou do Real Arco Escocês e seus derivados, desde que seja membro de uma obediência reconhecida pela Grande Loja Unida da Inglaterra, já que, sendo o Arco Real Inglês parte do Simbolismo, o que vale é o reconhecimento do Simbolismo.

Da mesma forma, todos os outros Grandes ou Supremos Capítulos do Arco Real ou Real Arco de qualquer país, que trabalham no sistema inglês, devem seguir a mesma regra de ouro, de aceitar visitantes de qualquer Arco Real ou Real Arco que sejam membros de uma obediência simbólica reconhecida pela sua própria. Afinal de constas, o Arco Real faz parte do Simbolismo e sua obediência simbólica é autônoma e soberana.

Já no caso do Real Arco Internacional (Americano), o mesmo não faz parte do Simbolismo, sendo considerado um corpo de Altos Graus do Rito de York.  Os Grandes Capítulos são jurisdicionados ao Grande Capítulo Geral de Maçons do Real Arco Internacional. Este, em sua constituição, no item 115.02, determina que:

Um Maçom do Arco Real produzindo evidências satisfatórias de ter recebido Grau de Maçom do Arco Real num Capítulo subordinado a um Grande Capítulo em relações fraternas com o Grande Capítulo Geral, pode visitar um Capítulo trabalhando no grau do Real Arco, e pode ser concedido a ele  os graus de Mestre de Marca, Past Master e Mui Excelente Mestre para o fim que ele possa ser regularizado. Mas tal regularização não confere filiação a uma loja dependente (de Mestre de Marca, Past Master e Mui Excelente Mestre) nem o afilia ao Capítulo.[iii]

Ou seja, somente membros de Grandes Capítulos considerados como em relações fraternas com o Grande Capítulo Geral (General Grand Chapter) podem visitar os capítulos de qualquer Grande Capítulo jurisdicionado (inclusive do Brasil). E quais seriam esses Grandes Capítulos em amizade? O website oficial do Real Arco Internacional informa, por exemplo: todos os do Canadá, o da Inglaterra, o da Escócia, os da Austrália e o da Nova Zelândia.

Os Grandes Capítulos de outros países e que sigam o sistema inglês, não sendo assim jurisdicionados ao General Grande Chapter, devem procurar o mesmo caso queiram garantir o direito de visitação aos seus membros em todos os capítulos do Real Arco Internacional, que funcionam em países como Brasil, Croácia, Filipinas, Gabão, Grécia, Panamá, Paraguai, Peru, Itália, Portugal, México, Romênia, Togo e Venezuela.

No caso do desejo de um Supremo ou Grande Capítulo do Arco Real inglês em funcionamento no Brasil desejar garantir a intervisitação apenas com a jurisdição brasileira do Real Arco Internacional, pode procurar diretamente o Supremo Grande Capítulo de Maçons do Real Arco do Brasil, visto que, ainda conforme a Constituição do General Grand Chapter, item 105.01:

os Grandes Capítulos afiliados ao Grande Capítulo Geral são órgãos soberanos em si mesmos, e são a autoridade suprema e final em todos os assuntos da Maçonaria Capitular dentro de suas respectivas jurisdições.

Por fim, cabe destacar a aberração que ocorre no Brasil, com a concessão do Arco Real Inglês a irmãos de outras obediências e irmãos de outros ritos. O Arco Real Inglês é parte integrante do sistema simbólico inglês, no caso do Brasil representado pelo Ritual de Emulação. Por essa razão, deve ser concedido como complemento aos irmãos que são elevados ao grau de Mestre Maçom NO RITUAL DE EMULAÇÃO. E apenas irmãos daquela Obediência Simbólica a qual o Grande Capítulo está ligado.

Onde já se viu um irmão de um rito ir receber um grau simbólico de outro rito? Ou um irmão de uma obediência ser exaltado em outra a qual não é filiado? Simplificando, é o que acontece com o Arco Real Inglês no Brasil, em que dirigentes o administram como se fosse um Alto Corpo, ignorando seu pertencimento jurisdicional ao Simbolismo e concedendo-o muitas vezes indevidamente. E assim tem-se mais uma incoerência: portas abertas a qualquer um para ingresso, mas frequentemente fechadas a quem é de direito para visitação.         


[i] https://www.ugle.org.uk/about/book-of-constitutions

[ii] https://supremegrandchapter.org.uk/about-supreme-grand-chapter/foreign-grand-chapters

[iii] http://www.ramint.org/downloads/constitution.pdf

Um comentário sobre “INTERVISITAÇÃO: ARCO REAL & REAL ARCO

  1. companheiro Kennyo sempre preciso em suas colocações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *